Portimonense Futebol SAD reconhecido como entidade formadora

entid formadores 15
 
FPF alargou avaliação e certificação da formação a 1200 clubes nacionais. Doze foram reconhecidos como entidades formadoras, estando o Portimonense Futebol SAD entre eles. Fernando Gomes elogia trabalho conjunto com clubes.

A cerimónia decorreu, na Cidade do Futebol, no âmbito do II workshop das Entidades Formadoras, e serviu, igualmente, para entregar aos clubes certificados, integralmente ou ainda sob reservas, as placas e respetivos certificados de reconhecimento.

A FPF certificou, na época 2017-18, como Entidades Formadoras, após avaliação exaustiva e com base no regulamento e manual de certificação, CD Feirense, CF Serzedo, GD Gafanha, UD Leiria e UD Oliveirense.

Ainda com certificação sob reserva, foram igualmente entregues diplomas ao Académico de Viseu FC, AR Casaense, CD Santa Clara, FC Cesarense, Portimonense Futebol SAD, UD Vilafranquense e Viseu 2001 ADSC.

Fernando Gomes, presidente da FPF, sublinhou que a cerimónia de entrega de placas e diplomas serve essencialmente para celebrar o trabalho realizado entre clubes e FPF no sentido de “elevar” e “qualificar” a formação de jogadores em Portugal.

O líder do organismo federativo também sublinhou a enorme expansão da avaliação que já resultou na certificação plena ou com reservas de mais de 54 clubes: "Com a implementação do novo modelo de avaliação, com cinco níveis, conseguimos alargar a certificação a mais de dois terços de todos os clubes nacionais. Cerca de 1200 das 1400 entidades formadoras de futebol, já se encontram registadas esta época no processo de certificação. Um sucesso que só foi possível graças ao trabalho conjunto realizado entre clubes, Subcomissões de Certificação das Associações Distritais e Regionais e a FPF", explicou.

Recorde-se que ao longo dos últimos três anos a FPF certificou cerca de 50 clubes entre os quais todos os que, esta época desportiva, militam na Liga NOS. O modelo de certificação também foi alargado a cinco níveis diferentes que permitiram o alargamento do número de clubes e outra entidades formadoras sujeitos a avaliação.

A Certificação de Entidades Formadoras, constitui um instrumento muito importante no processo de desenvolvimento do jogador Português e um reforço qualitativo do trabalho desenvolvido pelos clubes.

02.11.2018